1625750_1379477502332642_409003277_nEvento no Facebook

Em 1755 um terramoto abanou Lisboa… mas o abanão não chegou a todas as partes, dai a famosa expressão da palavra “resvés”… mas para agitar a coisa um bocadinho, e comemorando o terramoto político de 1974, um rio de pessoas partirá de “resvés” de Campo de Ourique e caminhará livremente até ao ao Largo do Carmo para desaguar nesse charco onde outros rios de pessoas vindos de outras partes desaguarão.

Atenção, isto não é apenas um sismo festivo para “grândolar”, mas a vontade de um grande terramoto, sobretudo de um Tsunami que venha lavar-nos desta política… enfim da merda em que vivemos.

Às 21h na Praça São João Bosco, Campo de Ourique, Lisboa.

Anúncios